sexta, 18 de outubro de 2019 - 15:19h
IAPEN e POLITEC realizam coleta de DNA de custodiados
Amapá faz parte de uma força tarefa nacional para ampliar o banco de nacional de DNA
Por: Ascom IAPEN
Foto: Acervo IAPEN
Foram coletadas amostras de saliva diretamente da boca dos custodiados

O Instituto de Administração Penitenciária do Amapá - IAPEN e a Polícia Técnico-Científica do Amapá - POLITEC realizaram esta semana a coleta de material genético de presos do sistema penitenciário amapaense. O material coletado será inserido no Banco Nacional de Perfis Genéticos.

O Estado do Amapá faz parte de uma força tarefa nacional para ampliar o banco de nacional de DNA. a meta amapaense é de realizar a coleta e inserir, até o final do ano, 1500 novos perfis. Os presos selecionados atendem ao que a Lei de Execuções Penais determina que seja realizada a coleta de material genético dos condenados por crimes hediondos e violentos contra a vida. “Mas na prática essa coleta poderá ser aplicada e se estender para todos os condenados por crimes com dolo, onde há a intenção, através da Lei Anti-crime que será votada no Congresso", explica o perito criminal Pablo Francez da Politec.

O IAPEN elaborou um esquema de segurança para movimentação desses internos bem como garantir a segurança das equipes que trabalharam na penitenciária estadual. A ação ocorreu no Centro de Ressocialização - CERES, no Cadeião, coletando 602 amostras de saliva diretamente da boca dos custodiados que passaram também por identificação fotográfica e papiloscópica. O coordenador de tratamento penal do IAPEN, José Antônio Nunes, acrescenta que novas ações semelhantes irão ocorrer até o final do ano para que possamos atingir a meta. 

O diretor-presidente do IAPEN, Lucivaldo Costa, destaca que além de contribuir com o banco de DNA nacional, essas informações serão incrementadas também na base de dados do sistema prisional. Saberemos assim, quantos ainda faltarão para as demais ações, dando mais agilidade no processo de coleta que é feito pela Politec. Pois sabemos que essa é uma ferramenta de investigação poderosíssima que pode aumentar as taxas de resolução de homicídios e estupros.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

IAPEN - Instituto de Administração Penitenciária do Amapá
Rodovia Duque de Caxias, km 07, Cabralzinho - (96) 3261-2700 - gabinete@iapen.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2020 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá