sexta, 30 de junho de 2017 - 17:26h
Iapen promove capacitação para agentes penitenciários em parceria com a Polícia Militar
Aula inaugural ocorrerá na manhã da segunda-feira, 03, no Centro de Convenções Azevedo Picanço às 8 horas
Por:
Agentes selecionados foram aprovados no testes de aptidão física ocorrido no Estádio Olímpico Zerão

O Instituto de Administração Penitenciária do Amapá - IAPEN fará, em parceria com o Batalhão de Operações Especiais - BOPE, um curso operacional penitenciário. O objetivo é fazer uma atualização para os agentes do Instituto.

 

O Curso Operacional de Intervenção Prisional - COP contempla técnicas operacionais para intervenção rápida e eficiente em ambiente confinado carcerário. O curso beneficiará 80 agentes penitenciários incluindo integrantes do Grupo Tático Prisional - GTP. Foram disponibilizadas 10 vagas para plantonistas de cada uma das cinco guarnições, 25 vagas para integrantes do GTP e mais cinco vagas para agentes do expediente.

 

A aula inaugural ocorrerá na manhã da segunda-feira, 03, no Centro de Convenções Azevedo Picanço às 8 horas. Os alunos serão divididos em duas turmas. A primeira turma será de 03 a 14 e a segunda de 17 a 28 de julho. As aulas ocorrerão no quartel do Comando Geral da PM.

 

A carga horária será de 80 horas e o curso abordará disciplinas como gerenciamento de crise, intervenção prisional, tiro policial, método Giraldi, planejamento de ações de intervenção rápida e escolta motorizada, além de preparação física. Os agentes selecionados foram aprovados no testes de aptidão física ocorrido na semana passada no Estádio Olímpico Zerão. 103 agentes concorreram às vagas.

 

O comandante do GTP, Fausto Jardim, ressalta a importância dessa atualização pois as disciplinas têm vínculo direto com a atividade fim. “Uma capacitação como essa pode fazer a diferença em um momento de emergência. O método Giraldi que consiste no uso do armamento para conter o infrator sem prejuízo a vida é fundamental para resguardar a integridade dos presos e do agente que está executando a ação”, destaca.

 

Para o diretor presidente do Iapen, Lucivaldo Costa, “esse treinamento com o Bope é importante porque este batalhão é responsável pelas ações de maior complexidade dentro do estado. E o servidor do iapen precisa estar sempre em condições de fazer as primeiras intervenções no ambiente carcerário. Com isso, o Iapen ganha em qualidade na prestação de serviços. Servidor preparado erra menos e aqui não podemos errar. Pois trabalhamos com vidas. Nossos servidores estão capacitados para intervenções de baixa e média complexidade. Temos o GTP que detém treinamento específico para intervenções internas, mas o efetivo é reduzido. Por isso a necessidade de capacitar mais agentes”, afirma.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

IAPEN - Instituto de Administração Penitenciária do Amapá
Rodovia Duque de Caxias, km 07, Cabralzinho - (96) 3261-2700 - gabinete@iapen.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá